00:00:00
Home / Geral / Saúde e Bem Estar: Estilo de vida saudável pra sempre

Saúde e Bem Estar: Estilo de vida saudável pra sempre

Basta entrar em um restaurante, padaria ou lanchonete e encontramos visivelmente, estampados nas paredes, anúncios de sorvete, chocolate, além dos salgados, frituras ou lanches. Tudo tão acessível, exposto e divulgado que é uma recusa quase impossível, tornando a conscientização por uma alimentação saudável algo um tanto quanto difícil nos dias de hoje.

Na época de Hipócrates e Galeno, a alimentação já era considerada o fator determinante na prevenção e cura de muitas doenças. Mas, atualmente, a correria do nosso dia a dia fica difícil de pensar no que vamos comer e nos rendemos aos enlatados, congelados e fastfoods por serem mais práticos e gostosos. Porém, alimentar-se mal faz com que seu corpo trabalhe sobrecarregado e sem todos os nutrientes de que necessita para funcionar corretamente. Cansaço, falta de energia, irritação, dificuldade de concentração e baixa imunidade tendem a aparecer com o tempo, afetando bastante seu desempenho e produtividade.

Buscando essa praticidade, mas sem abrir mão de ser saudável, não só na perda de peso, mas para um estilo de vida saudável para a vida toda, me deparei com uma matéria de um programa chamado “Fique Bem” onde um médico nutrólogo, Dr. NatanielViuniski e a Nutricionista Dra. Carolina Pimentel falam sobre alimentação e estilo de vida saudável.

Repensar na maneira em que encaramos os alimentos é a chave do bem-estar. Sabendo as funções de cada nutriente fica mais fácil organizar nossos hábitos alimentares. Se o ato de comer ficar pesado e complicado, acabamos não conseguindo levar para a vida toda. Sentir prazer em estar se alimentando de maneira correta e saudável, inclusive nos momentos de distração é essencial para alcançar esse estilo de vida.

Uma boa alimentação, segundo a Dra. Carolina, é baseado em todos os grupos de alimentos: grãos e cereais integrais, gorduras boas (como das castanhas, azeite de oliva), proteínas magras (das carnes de aves, peixes e iogurtes desnatados). Quando essa é a base da nossa alimentação,sobra espaço para esses momentos de diversão com nossos amigos e familiares, sem excluir nenhum grupo.

Também é preciso estar atento à nossa rotina e particularidades de cada um, pois temos diferenças inclusive culturais, pois quando tentamos incluir alimentos na nossa rotina que não tem nada a ver com a nossa realidade,logo desistimos e é isso que acaba sendo motivo do fracasso das dietas da moda, pois não conseguimos levar este estilo de vida por muito tempo.

A falta de motivação também é um dos motivos que sabotamos na nossa caminhada, ela depende muito dos desejos e necessidades de cada um. Dr. Nataniel afirma que é preciso buscar o autoconhecimento para entender qual nossa real necessidade e que nosso corpo é uma máquina que precisa de combustível de boa qualidade e exercício para se manter bem por muito tempo.

Aproveitar o que cada estação tem a nos oferecer também é uma ótima estratégia, diz Dra. Carolina:

– “No verão, por exemplo, devemos nos atentar ao excesso de calor e sol. Aumentar a ingestão de alimentos mais leves que nos proporcionam hidratação, energia para atividades ao ar livre.

– Outono precisamos combater o ressecamento de pele e consumir alimentos de alta densidade nutricional, como as gorduras boas.

– No frio do inverno ficamos mais preguiçosos e abandonamos os exercícios. Consumir frutas cítricas, pois são ricos em vitamina C, combatendo a imunodepressão, o morango é um exemplo e inclusive é uma fruta da estação.

– Na primavera, usar e abusar dos sabores e cores nos pratos coloridos. ”

A variação de peso ao longo do ano é normal e não devemos nos desmotivar se seguirmos hábitos saudáveis com a prática de atividade física. Não abrirmos mão do prazer, nem das atividades sociais e sim encará-las como ilhas de descanso, isso faz com que a relação com os alimentos fique mais racional.

Outrofator muito preocupante é que muitas vezes confundimos os nossos problemas, vazios interiores e stress do dia a dia, com a fome. De acordo com Dr. Nataniel, isso acontece pois as regiões do nosso cérebro, fome e emoção, ficampróximas e para driblar essa confusão, a melhor opção é a atividade física. E nesse ponto também vale a sua preferência. Escolha uma atividade que você goste mais, para poder permanecer sempre.

Receba mais dicas de estilo de vida saudável adicionando meu WhatsApp (18)99611-7302. Me mande um “Eu Quero ser vip” e ganhe um brinde exclusivo.

Ju Dalceno

Consultora independente Herbalife e Coach do Bem -Estar

Fonte: www.iped.com.br, Programa “Fique Bem”

Comente com o Facebook !!

Sobre Fernando Ramos

Fotógrafo, repórter, representante comercial, sócio-proprietário do Jornal Conexão de Junqueirópolis e parceiro do portal Junqueirópolis em Dia.

Veja Também

Construtora inicia obra de pavimentação no Residencial Das Américas

(Ass. Imprensa/Prefeitura de Junqueirópolis) – A empresa Sanches de Aquino, responsável pela construção das 202 ...