00:00:00
Home / Agricultura / Justiça decreta falência da Usalpa, informa Sindietanol
Manifestação dos ex-funcionários da Usalpa, dia 17/7

Justiça decreta falência da Usalpa, informa Sindietanol

(Portal Ocnet) – A Justiça decretou falência das empresas do grupo Usalpa, sendo que uma das usinas sucroalcooleiras instalada em Junqueirópolis deixou de funcionar há dois anos, surtindo efeito na demissão em massa de cerca de 700 trabalhadores entre 2016 e 2017.

A informação é do secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas, Farmacêuticas e Fabricação de Álcool, Etanol, Bioetanol e Biocombustíveis (Sindetanol) de Presidente Prudente, Antônio Mendes Neto.

Segundo ele, em despacho da sentença realizado pelo juiz da 1ª Vara do Fórum de Junqueirópolis, Marcelo Luiz Leano, o magistrado decretou falência das empresas do Grupo Usalpa, após os descumprimentos de obrigações assinadas em acordo judicial e a impossibilidade de recuperação financeira.

Secretário geral do Sindietanol, Antônio Mendes, durante manifestação em Junqueirópolis

Antônio disse que os mais de 700 ex-trabalhadores que foram demitidos entre 2016 e 2017 aguardam o valor das verbas rescisórias a serem recebidos, no qual chega a mais de R$ 42 milhões.

São dívidas trabalhistas como: 13º salário, férias e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS)”, disse o secretário geral do Sindetanol, Antônio Mendes Neto. Ainda segundo ele, um administrador judicial nomeado pela Justiça irá fazer o levantamento dos ativos das empresas do Grupo Usalpa para ser posteriormente colocado à venda em leilões.

Antônio informou que aguarda o fim do processo judicial e assim que a Justiça liberar o valor das verbas rescisórias será feito os pagamentos para os ex-trabalhadores da usina de Junqueirópolis.

Protesto – No dia 17 de julho deste ano, cerca de 150 ex-funcionários da Usina Usalpa de Junqueirópolis se reuniram e fizeram um protesto de forma pacífica em frente ao Fórum de Junqueirópolis.

A classe reivindicava e cobrava agilidade da Justiça nos trâmites que envolvia a empresa e os ex-funcionários. Uma dessas reivindicações era sobre a liberação de R$ 7 milhões em depósito de judicial.

 

Os ex-funcionários reivindicam pagamentos dos direitos trabalhistas

Comente com o Facebook !!

Sobre Gilmar Pinato

Jornalismo-Faculdade de Comunicação Social Helio Alonso- Rio de Janeiro (RJ), 1986- MTb 24.051 -Estágio Jornal O Estado de São Paulo (S.P. ag/dez.88). -Assessor de Imprensa Oficina Cultural Timochenco Wehbi (P.Pte-SP) -Repórter Jornal O Imparcial (P. Pte). -Produtor TV Fronteira- (P. Pte) -Repórter Jornal O Liberal, Araçatuba (SP), -Assessor de Imprensa Parlamentar- Assembleia Legislativa (Alesp). -Repórter Jornal Regional- Dracena (SP).

Veja Também

Polo Guri de Junqueirópolis apresenta projeto Trilhas Culturais

(Ass. Imprensa-Prefeitura) – Durante o segundo semestre de 2018  o Projeto Guri Polo Junqueirópolis, desenvolveu o ...