00:00:00
Home / Cidade / Forte ventania causa queda de postes, árvores e energia elétrica no município
Árvore tombada na rua Rui Barbosa, é retirada na manhã desta sexta

Forte ventania causa queda de postes, árvores e energia elétrica no município

Poste tombado na vicinal João Furini

O forte temporal com ventania e raios que atingiu a cidade por volta das 18h30 desta quinta-feira, causou vários  estragos nas zonas urbana e rural. Árvores e postes  tombaram o que resultou na queda de energia que durou horas para ser restabelecida.

De acordo com a Base Comunitária Socorrista de Junqueirópolis, a queda de energia atingiu toda cidade e só voltou a partir das 23h. Praticamente foram quatro horas sem luz, sendo que em alguns setores urbanos, a energia só voltoufoi restabelecida por volta da meia  noite.  Na zona rural, conforme  moradores, até a manhã desta sexta-feira, 19, a energia não havia retornado.

ESTRAGOS- Segundo a Base Comunitária, uma árvore (ipê), tombou na rua Rui Barbosa entre as ruas São Paulo e Curitiba, em frente a um estabelecimento comercial.  De manhã os funcionários da Prefeitura interditaram o trecho e recolheram os galhos das árvores que já havia sido cortada logo após o temporal na noite de quinta e sexta e fizeram a limpeza no local.

Destelhamento na paróquia Santo Antônio

Na rua Luís Chignolli, no distrito industrial 2, outra árvore tombou.  Na rodovia SP-294, em frente ao Vegas Motel (sentido Irapuru), caiu um poste e uma árvore, em frente ao cemitério também houve queda de árvore e fios e na área interna a ventania derrubou vasos e galhos.

Na estrada vicinal João Furini, uma árvore e um poste caíram e os fios continuavam atravessados  sobre a pista até por volta das 8h desta sexta.

Na matriz Santo Antônio, houve destelhamento e queda de madeiras. O local atingido, atrás da igreja, na avenida Rio Branco, foi interditado pela paróquia. No bairro Cristo Redentor, mais uma árvore tombou na rua ao lado do campo de futebol.

Ainda de acordo com a Base dos Socorristas, os cortes de árvores prosseguiram até por volta da meia noite de quinta-feira, pelos socorristas e funcionários da Prefeitura e na manhã desta sexta-feira, começaram a ser recolhidos.

Além dos raios  o temporal com ventos veio acompanhado de muita terra e chuva moderada. Na manhã desta sexta-feira, a cena comum na cidade era dos moradores limpando as calçadas das folhas e as casas da poeira. Também houve relatos de quedas de árvores em quintais e destelhamentos em residências.

Árvore caída na rua Luis Chignolli, distrito industrial
Cemitério Municipal
Queda de árvore no Cristo Redentor

Trecho das ruas São Paulo e Curitiba é interditado na manhã desta sexta para retirar a árvore tombada

 

Comente com o Facebook !!

Sobre Gilmar Pinato

Jornalismo-Faculdade de Comunicação Social Helio Alonso- Rio de Janeiro (RJ), 1986- MTb 24.051 -Estágio Jornal O Estado de São Paulo (S.P. ag/dez.88). -Assessor de Imprensa Oficina Cultural Timochenco Wehbi (P.Pte-SP) -Repórter Jornal O Imparcial (P. Pte). -Produtor TV Fronteira- (P. Pte) -Repórter Jornal O Liberal, Araçatuba (SP), -Assessor de Imprensa Parlamentar- Assembleia Legislativa (Alesp). -Repórter Jornal Regional- Dracena (SP).

Veja Também

Administração municipal conta com aprovação de 90%

(Ass. Imprensa-Prefeitura) –  A empresa B & L Consultoria em Pesquisas,  apresentou essa semana o ...