00:00:00
Home / Gilmar Pinato (page 4)

Gilmar Pinato

Jornalismo-Faculdade de Comunicação Social Helio Alonso- Rio de Janeiro (RJ), 1986- MTb 24.051 -Estágio Jornal O Estado de São Paulo (S.P. ag/dez.88). -Assessor de Imprensa Oficina Cultural Timochenco Wehbi (P.Pte-SP) -Repórter Jornal O Imparcial (P. Pte). -Produtor TV Fronteira- (P. Pte) -Repórter Jornal O Liberal, Araçatuba (SP), -Assessor de Imprensa Parlamentar- Assembleia Legislativa (Alesp). -Repórter Jornal Regional- Dracena (SP).

Junqueirópolis sedia 6º Campeonato Internacional de Gueitebol

Com 109 equipes participantes de 57 cidades de vários estados e uma do Paraguai, começou na manhã deste sábado, 6, e prossegue até amanhã,7, em Junqueirópolis, o 6º Campeonato Internacional de Gueitebol Memuro Brasil, evento organizado pelo Junqueirópolis Esporte Clube (JEC), União dos Clubes de Gueitebol do Brasil (UCGB)e com apoio da Prefeitura.

A abertura contou com a participação da Banda da Polícia Militar de Presidente Prudente, que acompanhou o desfile das delegações e interpretou os hinos do Brasil e Japão, além de prestar homenagem à colônia japonesa no Brasil.

As autoridades presentes, o prefeito Hélio Furini, a vice-prefeita Sofia Rodrigues, o presidente da Câmara, Marcos Ruiz, vereadores  Rui da Ambulância,  Professor Gílson e Vagner Prates, o comandante da Polícia Militar, sargento Peres e o diretor municipal de Educação, José Henrique Rossi, recepcionaram os visitantes e destacaram a importância de Junqueirópolis sediar um evento neste nível, com representantes de diversos estados do país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Goiás, Tocantis, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

“É um momento muito especial para Junqueirópolis e região, de confraternização e lazer que envolve outros estados e até  o Paraguai,  para a cidade é importante porque passa a ser reconhecida nacionalmente, parabéns aos organizadores”, afirmou Furini.

Marcos Ruiz também salientou a dimensão do evento. “De grande magnittude para Junqueirópolis, elevando o nosso município nacional e internacionalmente, é um momento de grande alegria recepcionar as delegações”, ressaltou.

Discursaram na abertura do Campeonato, o presidente da UCGB, Júlio Katsumi Hagio, o prefeito Hélio Furini, o presidente do JEC, Nao Shigue, Kenite Aramaki, representando a colônia japonesa de Junqueirópolis e demais convidados.

O Campeonato está sendo disputado nos campos de chão do Centro Poliesportivo Uieda Akira e grama no Estádio Raphael Capelli, nas categorias Prata (livre até 59 anos), ouro (60 a 74 anos) e Diamante (acima dos 70 anos). Os atletas mais idosos foram homenageados e a abertura simbólica do Campeonato foi feita com tacadas do presidente da UCGB, Júlio Hagio e o prefeito Furini. A diretora Cultural do JEC, Júlia Takao, foi a mestre de cerimônia.

O presidente do JEC, Nao Shigue dá boas vindas aos visitantes
Prefeito Furini, recepciona delegações visitantes na abertura do Campeonato
Banda da PM de Pres. Prudente se apresenta na abertura do Campeonato
Bandeira do Campeonato, neste ano sediado em Junqueirópolis e no ano que vem, em São José do Rio Preto

Pref. Furini,  pres. Jec  Nao Shigue, pres. UCGB  Julio Hagio, vereadores Prof. Gílson  e Rui da Ambulância  e  vice-prefeita Sofia Rodrigues

Padre Valdo Bartolomeu de Santana

Mestre de cerimônia, Júlia Takao
Equipe do Paraguai
Delegação de Junqueirópolis

 

 

 

Polícia combate receptação de celulares roubados na região

 (Polícia Civil) – Uma operação da Polícia Civil que visa combater a receptação de telefones celulares furtados e roubados apreendeu vários aparelhos nesta quinta-feira (4), em dez cidades vinculadas à Delegacia Seccional de Dracena, incluindo Junqueirópolis.

A operação foi realizada nos municípios de Dracena, Junqueirópolis, Monte Castelo, Nova Guataporanga, Ouro Verde, Panorama, Paulicéia, Santa Mercedes, São João do Pau d’ Alho e Tupi Paulista.

Na ação, foram fiscalizados 11 estabelecimentos que promovem a aquisição, venda e reparos em telefones celulares, dos quais sete apresentaram suspeitas de irregularidades. Foram apreendidos diversos aparelhos celulares e peças usadas de telefones desmontados para verificação sobre a licitude de sua origem.

Ofertas válidas até quinta-feira, 11 de Julho, aproveitem!

Aqui sua compra do mês fica bem mais barata!

Olha as super ofertas que o TAMOYO FLEX preparou para você até quinta-feira, 11 de julho, ou enquanto durarem os estoques!

São ofertas para toda a família que você só encontra no  Supermercado  Tamoyo Flex! Tem mais, confira!

 

FEIRINHA – Na feirinha do TAMOYO FLEX , você encontra produtos sempre fresquinhos e de primeira qualidade. Não perca!

Olha só! Para maior tranquilidade na hora das  compras, o cheque pré é para 20 de agosto!

TAMOYO FLEX ON LINE : A loja on line Supermercado Tamoyo Flex. Você ganha muito mais comodidade. Entre em nosso site e conheça sitemercado.com.br/supermercadotamoyoflex

PROGRAME SEU EVENTO COM ECONOMIA. FAÇA-NOS UMA VISITA!

RECEBA AS OFERTAS PELO WHATSAPP. É SIMPLES: SALVE NOSSO NÚMERO E ENVIE UMA MENSAGEM COM O TEXTO “QUERO OFERTAS”, PARA O NÚMERO (18) 99690-3081

GANHE PRÊMIOS- As vantagens de comprar no Tamoyo Flex continuam com os sorteios de valiosos prêmios na promoção “Compra e Concorra”. Não deixe de participar!

 

Temperatura despenca em Junqueirópolis no fim de semana, indica Climatempo

Um final de semana de muito frio em Junqueirópolis com a temperatura  mínima prevista em 6°C, no sábado, 6 e domingo 7/7, informa o  site Climatempo. Após as chuva de quinta-feira, 4 e madrugada desta sexta-feira, 5, chegou a frente  fria que derruba a temperatura em grande parte do país.

A máxima prevista para este sábado é de 16°C , sem chuva e com previsão de geada ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde. No domingo, a máxima prevista é 19°C, tempo ensoralado com geada ao amanhecer e céu limpo. Para os dois dias não há previsão de chuva mas a mínima é de 6°C.

Na segunda-feira, 8, o tempo ainda continua frio, com a mínima de 9°C e máxima de 21°C. Na terça-feira, 9, começa a firmar, com a mínima de 13°C, máxima 24°C e sol o dia todo.

Na manhã deste sábado, o dia amanheceu nublado e com neblina em Junqueirópolis e a frente fria já dava sinais com a temperatura em queda e quem saiu de casa colocu agasalho.

Junqueirópolis sedia o 6º Campeonato Internacional de Gueitebol Memuro – Brasil

(Ass. Imprensa-Prefeitura) – O evento realizado pelo Junqueirópolis Esporte Clube ( JEC,)acontecerá no estádio Raphael Capelli, nos dias 06 e 07 dejulho de 2019, e contará com a participação de 109 equipes nacionais e internacional.

Os amantes do Gueitebol da região estão convidados aprestigiar a competição que contará com ampla praça de alimentação com vários pratos da culinária japonesa eserviço de bar.

A  competição contará com as Categorias PRATA (sem restrição de idade), OURO (a partir de 60 anos) e DIAMANTE (a partir de 72 anos). Confira as regras do sorteio para todas as categorias:

1. Equipes do mesmo clube não podem se enfrentar;2. Equipes da mesma regional não podem se enfrentar.Mas se o número de equipes da regional for maior que o número de quadras reservadas para cada categoria,inevitavelmente será necessário realizar jogos entre equipes da mesma regional

.As quadras não estão numeradas para não beneeficiar  as equipes que chegarem dias antes do Campeonato.

Local: Estádio Municipal Raphael Capelli (Rua São Luiz, s/n– Junqueirópolis-SP). Horário: 7 horas (Recepção), 8 horas (Solenidade daAbertura) e 9 horas (Início dos Jogos).

Jogo de Masters arrecada mais de 1,7 mil quilos de alimentos

(Ass. Imp. Prefeitura) – Nesta quarta-feira(3), os representantes da comissão organizadora do Futebol beneficente entre as seleções de jogadores másters profissionais do futebol Brasileiro  e Junqueirópolis, ocorrido no último sábado(29/06),  sendo o Márcio Correia, Márcio Bandeca e o Professor Tiago, foram até a Assistência Social do município para oficializar a entrega dos alimentos arrecadados com a troca pelos ingressos do evento que ultrapassou a casa dos 1.700 quilos de alimentos, arrecadados pelos estabelecimentos comerciais colaboradores do evento.
Na oportunidade a “Comissão Futebol Beneficente” foi recebida pela primeira Dama e presidente do Fundo Social da Solidariedade Cidinha Furini, Elaine Val da Assistência Social, Dona Aparecida Ikeda da entidade Semente da Vida e representações do Social  municipal, momento também marcado pela entrega ao Fundo Social  de um cheque no valor de R$626,00, resultado da sobra após o fechamento das contas pagas para realização do evento, considerado  um sucesso pelos torcedores e amantes do futebol que compareceram ao estádio Raphael Capelli.
Falando do resultado positivo na arrecadação de alimentos a primeira Dama Cidinha, parabenizou a todos que estiveram envolvidos com a realização desse jogo beneficente, pela dedicação dos funcionários da prefeitura que trabalharam na revitalização do estádio, “Comissão Futebol Beneficente”, prefeitura, câmara e os demais colaboradores que resultou na arrecadação de 1700 kg de alimentos em favor das ações solidarias do município.
Foto: A entrega oficial dos alimentos  aconteceu na sede da assistência social, na Avenida Paulista 539 em Junqueirópolis.

 

 

 

 

Comércio e serviços públicos não funcionam no feriado de terça, dia 9

Nesta terça-feira, 9 de Julho, feriado no Estado de São Paulo, em comemoração ao Dia da Revolução Constitucionalista de 1932,  não haverá expediente nos serviços públicos municipais  assim como o comércio de Junqueirópolis, não irá funcionar neste dia (terça), informam a Prefeitura e a Associação Comercial e Empresarial (ACEJ).

PONTO FACULTATIVO-Na segunda-feira, 8, será ponto facultativo municipal. Conforme decreto do Executivo, as Diretorias Municipais  devem estabelecer escalas de para manutenção dos serviços considerados essenciais. As coletas de lixo  e de recilados será mantida nos dois dias e os atendimentos da saúde serão realizados no Pronto Atendimento Municipal.

 

REVOLUÇÃO DE 1932-HISTÓRIA

Para entender a Revolução de 1932, é preciso relembrar o Golpe de 30. No dia 3 de novembro de 1930, Getúlio Vargas tomou o poder e instalou um governo provisório, dissolvendo o Congresso e as assembleias legislativas e depondo os governadores de estado, que foram substituídos por interventores federais. Esses interventores governariam até a aprovação de uma nova Constituição – só que ela não vinha nunca. Em outras palavras, o governo provisório no Brasil tinha virado permanente.

A política do “café com leite”

Entre 1894 e 1930, período classificado como República Oligárquica, as elites de São Paulo e Minas Gerais se revezaram quase ininterruptamente na presidência do país com a política do “café com leite”.

Paulistas e mineiros contavam com o apoio dos coronéis (líderes políticos regionais) para conter as revoltas da oposição. O Golpe de 1930 acabou com esse ciclo e com a autonomia dos estados. Além da insatisfação com a demora da nova Constituição, São Paulo ainda tinha que lidar com o fato de que o interventor nomeado não era paulista – o que irritou os cafeicultores, que buscavam recuperar o poder e a influência perdidos após 1930.

Com a bandeira do constitucionalismo, que defendia uma constituição liberal que garantisse a autonomia dos estados em relação ao governo federal – necessário para a manutenção da hegemonia política paulista no país – e contra a ditadura, os dois principais partidos paulistas (os rivais Partido Republicano Paulista, o PRP, das elites cafeeiras e famílias tradicionais; e o Partido Democrático, ou PD, formado principalmente por fazendeiros e profissionais liberais da burguesia paulista) formaram a Frente Única Paulista, lançando as bases para o Movimento Constitucionalista de 1932.

Antes, no dia 23 de maio de 1932, quatro estudantes (Martins, Miragaia, Dráuzio e Camargo) morreram em um confronto com a polícia getulista na Praça da República. Com isso, eles viraram mártires e suas iniciais batizaram o MMDC, entidade civil que se tornou símbolo da revolução e que alistava voluntários para a luta contra Vargas. Por fim, a rebelião paulista foi declarada no dia 9 de julho

A imprensa e os discursos retratavam São Paulo como um território invadido e pregavam que era preciso apagar sua humilhação. Esse discurso moveu diferentes grupos e classes sociais do estado e os exércitos rebeldes contavam com médicos, advogados, industriais e fazendeiros.

“A mobilização foi muito grande, mas era de poucas pessoas ligadas à carreira militar”, explica o professor de História Nelson Santos da Silva, do Cursinho do XI. A falta de preparação militar, como era de se esperar, trouxe muitos problemas. Muitos voluntários sequer sabiam manejar uma arma – e, mesmo se soubessem, não havia armamento para todos. Por se acreditar que seria uma guerra curta e com aliados, tinha-se convicção de que o material bélico disponível seria suficiente. Não foi – e a maior parte do que se tinha estava em péssimas condições.

Na Revolução de 32, muitas mulheres iam para as frentes de batalha e muitas delas venderam joias de família para financiar o processo revolucionário.

A derrota e legado de 1932

A superioridade das forças do governo (no tamanho do exército, número e qualidade de armas e mesmo organização e disciplina) logo se mostrou nas batalhas e fez com que os rebeldes paulistas recuassem até terem de reconhecer a derrota. A guerra acabou em 2 de outubro, com quase 900 mortos.

Junqueirópolis recebe o selo Município VerdeAzul

(Ass. Imp. Prefeitura) – Em evento acontecido na secretaria estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente a Cerimônia de certificação do programa Estadual Município VerdeAzul, em São Paulo – capital no último dia 26 de junho de 2019, Junqueirópolis foi representado pela  Interlocutora responsável pelo Programa MVA, Bianca Fazioni, que no ato representou o prefeito Hélio Furini e o diretor de Agricultura e Meio Ambiente Roberto Fujiwara.

O programa é construído  com base em 10 diretivas, que servem como ferramenta de gestão ambiental para o  município, e também para medir o índice  da eficiência em gestão sustentável no município.

O sistema de avaliação é realizado através das pontuações de cada tarefa concluída. O município que conseguir no mínimo 80 pontos, ganha o selo estadual do programa, além de conseguir prioridades para pleitear verbas junto ao governo estadual e federal.

A entrega da  premiação foi realizada pelo Secretário Estadual de Meio Ambiente Marcos Penido, e o Coordenador Estadual do programa Município Verde Azul José Walter demonstrando o reconhecimento por parte do governo pelo trabalho desenvolvido pelo município de Junqueirópolis durante todo o ciclo.
As ações propostas pelo PMVA compõem as dez Diretivas norteadoras, com os seguintes temas estratégicos: Município Sustentável, Estrutura e Educação Ambiental, Conselho Ambiental, Biodiversidade, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Uso do Solo, Arborização Urbana, Esgoto Tratado e Resíduos Sólidos.
Foto:

A Interlocutora responsável pelo Programa MVA, Bianca Fazioni, recebendo o prêmio do Secretário Estadual de Meio Ambiente Marcos Penido, e do Coordenador Estadual do programa Município Verde Azul José Walter.

A Interlocutora do Programa Bianca Fazioni, recebe o prêmio do Secretário Estadual de Meio Ambiente Marcos Penido, e do Coordenador Estadual do programa Município Verde Azul José Walter

Missa de 7º dia de Daniela, será nesta quarta-feira, 19h30

A  missa de  7º dia do falecimento da professora Daniela Bitencurti Ruiz-Esparza, será celebrada nesta quarta-feira, 3, às 19h30. na matriz Santo Antônio.  Além de Junqueirópolis, serão realizadas missas  em diversas cidades, em Aracaju onde era professora da Universidade Federal de Sergipe (UFSE), municípios do país residem parentes e amigos e também em Angola.

Daniela Bitencurti, 42, faleceu na última quinta-feira, 27, em Luanda, Angola, com diagnóstico de malária cerebral. A família que reside em Junqueirópolis, informa que ainda não há previsão quando ocorrerá o translado do seu corpo para o Brasil.  Uma das irmãs de Daniela, Carina continua em Angola, cuidando dos trâmites legais para a  liberação. O local do sepultamento também está sendo definido.

Estampas nas camisetas em homenagem à professora Daniela Bitencurti

HOMENAGENS – Nas celebrações religiosas serão entregues os mesmos  santinhos de lembranças da professora. As homenagens a Dani, como era chamada pelos familiares e amigos, também estarão estampadas em camisetas que serão confeccionadas para a família e  amigos.

As homenagens, explica sua irmã Mirian, também são uma  forma de alertar  dos riscos que representam a malária para as pessoas.  O falecimento de Daniela teve repercussão na mídia do Brasil  e também de Angola, onde houve mobilização para doação de sangue quando ela esteve internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).   A  professora junqueiropolense estava no país africano a convite de uma universidade local para proferir palestras sobre meio ambiente.

Mirian informa que uma campanha de prevenção contra a malária está sendo realizada pela nas mídias sociais, chamando a atenção para os perigos da malária que em poucos dias causou várias mortes em Angola, incluindo Daniela.

 

Câmara inicia recesso de julho

A Câmara de Junqueirópolis, inicia nesta segunda-feira, 1º, o recesso do mês de julho e volta com as sessões ordinárias, no dia 5 de agosto, segunda-feira, às 20h.
Sessões extraordinárias podem ser realizadas durante o recesso, no caso de convocação do Executivo, para votação de projetos de lei considerados prioritários para o município.

Na última ordinária do semestre, segunda-feira, 24 de junho, foi aprovada indicação do vereador Valdir Aparecido de Oliveira (Valdir Chiminha), solicitando mudanças no horário de funcionamento das creches municipais para não prejudicar o horário de trabalho das mães que levam e buscam seus filhos.

Também foi aprovado o projeto de lei (PL 29/19) do Executivo que redenomina a rua Espanha do Jardim Fuentes para “Rua Andaluzia”, para que não haja confusão com outra rua do Jardim Delta Ville II, que também é denominada rua Espanha.